PARCERIA INÉDITA OFERECE PROFISSIONALIZAÇÃO A BAILARINOS



O Conservatório Carlos Gomes e a Academia Prodança firmaram uma parceria inédita para oferecer cursos técnicos profissionalizantes na área da dança no Interior de São Paulo. A formação, que conta com o selo de qualidade das duas escolas tradicionais de Campinas, tem o reconhecimento do Ministério da Educação (MEC) e possibilita, ao estudante, obter o registro profissional (DRT) ao final dos estudos. As inscrições para os cursos técnicos de balé clássico e contemporâneo, jazz e sapateado já estão abertas.


Os cursos técnicos do Conservatório Carlos Gomes foram interrompidos durante a pandemia de Covid-19, mas estão sendo retomados gradativamente. E a parceria com a Academia Prodança vai fortalecer o cenário da dança no Interior de São Paulo, segundo a porta-voz do Conservatório, Lara Ziggiatti Monteiro. “A união de esforços e de conhecimento das duas escolas proporciona uma formação completa aos alunos, com um curso de nível técnico renovado, aberto a novas descobertas e tendências, e com um grupo de professores competentes e comprometidos em ampliar o campo da dança não só em Campinas, mas em todo o Brasil”, afirma.


O curso técnico de dança segue as diretrizes do Ministério da Educação. “O curso do MEC tem como base o balé clássico, mas também oferece o balé contemporâneo, o jazz, o sapateado e a dança folclórica. Nós queremos dar uma cara nova ao curso, com a realidade do mercado atual. Vamos formar novos profissionais da dança, do jeito que o mercado está pedindo, com muito dinamismo”, afirma Milena Coelho, coordenadora da Prodança, e que está à frente do projeto.


Segundo Milena, os laços históricos das famílias das duas escolas contribuíram para a parceria. A mãe dela, Walkiria Coelho, é a idealizadora do projeto Prodança Criança Escola, que na década de 80 levou balé às escolas municipais de Campinas, depois de ter estudado e trabalhado no Conservatório Carlos Gomes, ao lado de Léa Ziggiatti, mãe de Lara. “É uma satisfação imensa firmar essa parceria, pois eu cresci dentro no Conservatório, com minha mãe lá. E agora poder dar sequência ao trabalho delas na formação de novos profissionais da dança, é indescritível”, diz Milena.


“As duas escolas sempre tiveram um histórico parecido em relação à profissionalização da dança. A Prodança com seus projetos nas escolas públicas, transformando a vida delas por meio da dança. E tem sido um celeiro incrível de talentos. Já o Conservatório sempre teve a arte como fonte de inspiração para os indivíduos. Claro que os cursos de música foram os principais ativos, mas desde a era Léa Ziggiatti a dança também ganhou espaço, junto com o teatro. Agora, com a união dessas duas escolas tradicionais e idealistas, certamente teremos mais e melhores profissionais da dança em Campinas e no Brasil”, afirma Lara, citando o trabalho incansável de Léa para o desenvolvimento da cultura na cidade. Ideia compartilhada pela amiga de longa data. Para Walkiria Coelho, todos saem ganhando.


“A ideia surgiu da necessidade do conservatório em fomentar a dança internamente e da Prodança de profissionalizar a dança para os alunos. Devido ao histórico familiar entre as duas empresas, e os objetivos comuns, era natural que houvesse uma união como essa: a tradicionalidade do Conservatório Carlos Gomes com a prática pedagógica da Prodança, que tem como objetivo principal a profissionalização da dança para a vida”, diz Walkiria.




Inscrições

Os interessados nos cursos técnicos de dança 2022/2023 devem se inscrever para as seletivas, que podem ser presenciais (em data a ser definida) ou online, por meio de vídeo de, no mínimo, três minutos com uma apresentação coreografada.

A taxa de inscrição é de R$ 50. Além disso, é necessário ter o Ensino Médio completo ou estar cursando, e ter conhecimento de dança em nível intermediário. Para obter mais informações, o candidato pode acessar o site www.conservatoriocarlosgomes.com ou entrar em contato com a secretaria do conservatório pelos telefones (19) 3253-0375 ou (19) 99827-1927, ou ainda pelo e-mail secretaria@ccg.art.br.